Kodak + Brincando no escuro – Astroneto: dança no espaço

Kodak
Neto Machado (BA)

Classificação indicativa: Livre

O solo “Kodak” é uma dança em frames, um toyart coreográfico, uma peça analógica sobre uma era digital. Em cena, mais de 100 caixas de arquivo coloridas constroem um mundo de plástico onde nada é feito para durar. Movimento e coreografia entrecortados de um stop motion ao vivo que bota o Godzilla e o Homem de Ferro para rebolarem.

“Kodak” estreou em 2011 e desde lá vem circulando pelos principais contextos de dança do país. Neto Machado coloca o imaginário do “menino” (repertório cultural infantil geralmente associado aos garotos) para dançar e provocar reflexões. Ao invés de vermos dançar apenas a bailarina cor de rosa, em “Kodak” também dançam monstros, heróis, ninjas e mangás. Para isso, Neto acessa sua experiência com a dança de rua para trazer à cena uma movimentação inspirada na técnica de animação stop motion, usada por filmes como King Kong e Godzilla.

As caixas são como legos gigantes, ou como um universo do Mindcraft, em contínua construção. Elas se transformam em prédios, telas de cinema, poltronas de um teatro e o que mais a imaginação mandar. E, de dentro delas, aparecem cada vez mais surpresas que multiplicam as possibilidades de diversão e movimento.

FICHA TÉCNICA
Concepção, direção e performance: Neto Machado | Iluminação/Direção técnica: Fábia Regina e Moisés Vitório | Som: Rodrigo Lemos e Leonardo França | Operação de som: Jorge Alencar | Colaborações na criação: Cândida Monte, Ellen Mello, Fábia Regina, Leonardo França e Jorge Alencar | Produção: Dimenti Produções Culturais

================

Brincando no escuro – Astroneto: dança no espaço
Neto Machado (BA)

Classificação indicativa: Livre

Atividade em torno do lançamento do livro-objeto “Astroneto: dança no espaço” (2019). A obra é inspirada no espetáculo “Desastro”, de Neto Machado, que tem na trilha sonora o ponto de partida e questão fundamental: “Space Oddity”, música de David Bowie, inspira o roteiro e dá o tom de toda a cena, que recria a aventura de Major Tom, da letra da canção, em sua viagem ao espaço e tentativa de explorar o desconhecido. Transpondo a criação coreográfica para uma escrita dançante que busca despertar o interesse da infância e juventude, o livro não ensina passos, mas estimula o movimento numa aventura sideral – que brilha no escuro!

FICHA TÉCNICA
Autoria: Neto Machado, Jorge Alencar e TANTO – criações compartilhadas | Edição: Conexões Criativas

Local: Teatro do Goethe-Institut

Data: 17/11 (domingo)

Horário: 17h00

Valor: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Mostra Artística

pachamariaharveymorena + Planta do Pé

Morena Nascimento (MG/BA) + Maria Eugenia Tita (SP)

Calabouço + INVente EXperimente (INVEX)

Kátharsis Cia. de Dança (BA) + Artistas diversos

JUNTO

Coletivo Lagoa (Portugal)

Aboios + Brasil com Z + Vaca Profana

Coletivo Rapadura com Urucum & Dendê (BA) + Cia. de Atores Bailarinos Adolpho Bloch (RJ) + Grupo de Dança e Performance da UFS e Coletivo Na Pele (SE)

Bachannal + A Viagem

Lori Belilove (EUA) e Contemporânea Ensemble (BA) + Escola Contemporânea de Dança (BA)

Fórum de Educadores de Dança

Pelo sétimo ano, a JORNADA DE DANÇA DA BAHIA inclui em sua programação o Fórum de Educadores de Dança, uma ação pioneira voltada à reflexão e ao desenvolvimento do ensino da dança, em todo seu potencial transformador, na Bahia e no Brasil. Reunindo professores e dançarinos de cidades do interior e da capital baiana, além de vindos de outros estados, o Fórum realiza um intercâmbio sólido de experiências vividas em diferentes contextos, mas sempre conectadas pelo interesse de se abranger repertórios diversos, questionar paradigmas, aprofundar o conhecimento e qualificar a prática. Oficinas, workshop, bate-papo e palestra, em paralelo a uma programação artística que reconhece e valoriza a formação artística do dançarino, objetivam instrumentalizar os profissionais de educação em dança para que sejam pontes cada vez mais firmes para travessias humanas e cidadãs.

Os participantes do Fórum de Educadores de Dança são professores, educadores e profissionais de dança inscritos em convocatória pública, que usufruem do evento de forma totalmente gratuita.

Programação

14/11 (quinta)

  • Oficina com Rosane Campello (RJ) e Luciana Carnout (RJ)

    9h00 às 12h00, na sala de ensaio do Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos | Gratuito
  • Workshop: Subjetividade em Rede, com Gisela Tapioca (BA)

    14h00 às 18h00, no Goethe-Institut Salvador | Para participantes inscritos | Gratuito

15/11 (sexta)

  • Oficina com Morena Nascimento (MG/BA)

    9h00 às 12h00, na sala de ensaio do Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos | Gratuito

16/11 (sábado)

  • Oficina com Maria Eugenia Tita (SP)

    9h00 às 12h00, na sala de ensaio do Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos | Gratuito
  • Mesa-redonda: “Dramaturgias do Corpo em Cena”

    Com Marcelo Moacyr (BA/SE), Maria Eugenia Tita (SP) e Morena Nascimento (MG/BA); Mediação: Edileusa Santos (BA) | 14h00 às 16h00, no Goethe-Institut Salvador | Para participantes inscritos | Gratuito

17/11 (domingo)

  • Oficina com Vânia Oliveira (BA)

    9h00 às 12h00, na sala de ensaio do Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos | Gratuito
  • Palestra: “A criança nova... A criança eterna”, com Lydia Hortélio (BA/SP)

    14h00 às 16h00, no Goethe-Institut Salvador | Para participantes inscritos | R$ 150

Acesse os Currículos


Edileusa Santos (BA)


Gisela Tapioca (BA)


Luciana Carnout (RJ)


Lydia Hortélio (BA/SP)


Marcelo Moacyr (BA/SE)


Maria Eugenia Tita (SP)


Morena Nascimento (MG/BA)


Rosane Campello (RJ)


Vânia Oliveira (BA)