Ferida Sábia / Cia. Ana Vitória Dança Contemporânea (RJ)

“Ferida Sábia” nasceu a partir do olhar silencioso e curioso que a artista Ana Vitória vem aprimorando sobre fluxos. Neste projeto, discorre sobre o seu próprio fluxo menstrual, perseguindo a ideia que a motiva na pesquisa artística, que é a do movimento interno e seus impulsos. Como parte da trilogia “Afinal o que há por trás da coisa corporal?”, iniciada em 2010, “Ferida Sábia” desenvolve discursos autobiográficos e do seu universo feminino. Para além da discussão de gênero, busca lançar um olhar poético, reconciliador, provocativo, exploratório e sensório sobre o universo feminino, tendo como baliza os ritos de passagem desde a puberdade, passando pela maternidade e a velhice. Assim, a “Ferida Sábia”, saturada pelo vermelho, produz inicialmente um efeito de encharcamento, não apenas o de banhar-se em sangue, mas aquele que escorre de dentro para fora, deixa suas marcas, seus signos de gênese de vida – e nos impregna.

As bailarinas/intérpretes deste projeto, com consistência profissional e reconhecidas carreiras, são vindas de geografias e formações diferentes, colocando em jogo suas corporeidades e organicidades para darem seus depoimentos autorais e afetivos. Angel Vianna – 89 anos, Priscila Teixeira – 56 anos, Soraya Bastos – 50 anos, Ana Vitória – 48 anos e Renata Costa – 32 anos lançam seus corpos, memórias e histórias a serviço do diálogo e poética em torno deste tema. No entorno, 50 camisolas antigas bordadas à mão com frases recortadas da história e relação avó/mãe/filha de cada bailarina estão suspensas por ossos. Fotografias exibem manchas e imagens de fluxos sanguíneos da artista propositora, simbolizando a vida que corre. Uma grande camisola de parto dos anos 1920 exibe uma videoinstalação de fios que se enrolam em flores de cerejeiras, tramando e desabrochando um sinuoso movimento entre vida e arte.

FICHA TÉCNICA
Direção e coreografia: Ana Vitória | Intérpretes: Ana Vitória, Angel Vianna, Priscilla Teixeira, Renata Costa e Soraya Bastos | Assistente de coreografia: Renata Costa | Instalação: Ana Vitória | Videoinstalação: Ana Vitória e Mônica Prinzac | Desenho de luz: Milton Giglio | Figurinos: Ticiana Passos | Trilha sonora organizada e editada: Ana Vitória | Visagismo: Rose Verçosa | Desenho de som: Michael Sexauer | Fotografia: Renato Mangolin | Programação visual: Núcleo I | Produção: Thaís Alves | Realização – Iroco Produções Artísticas
 

Local: Teatro Gregório de Mattos

Data: 10/11 (sexta)

Horário: 19h

Valor: Gratuito

O que é

Criada em 2005, a JORNADA DE DANÇA DA BAHIA é um encontro focado na relação entre dança e educação, realizado pela Escola Contemporânea de Dança, sob a coordenação da dançarina Fátima Suarez. Sua grade de atrações agrega quatro contextos interligados: o Fórum de Educadores de Dança, ação voltada à reflexão sobre o ensino da dança na Bahia e no Brasil, em sua quinta edição; as residências artísticas, para contribuir na qualificação de dançarinos; Infância e Movimento, com oficinas voltadas para crianças; e a mostra artística, que apresenta espetáculos com artistas locais, de outros estados e países, reunindo produções de dança moderna e contemporânea.

A JORNADA DE DANÇA DA BAHIA busca favorecer o intercâmbio, provocando a difusão de práticas artístico-pedagógicas e incentivando a discussão e a pesquisa. É um evento interessado no artista/professor/aluno e em como estabelecer conexões inventivas entre estes, tendo como pontos de apoio o aprimoramento técnico, o incentivo à criação e as observações e opiniões em torno de propostas com variadas metodologias.

Uma das marcas da JORNADA está em sua inspiração nos ideais e na filosofia de dança de Isadora Duncan, mãe da dança moderna. Este traço se revela em diversos aspectos técnicos e conceituais, permeando toda a programação.

Em 2017, a nona edição mergulha no tema “Todo artista é um revolucionário”, exaltando potências transformadoras e a força do feminino, de 10 a 15 de novembro, no Teatro Gregório de Mattos, Teatro Castro Alves, Palacete das Artes, Goethe-Institut Salvador-Bahia, Centro Espanhol, Escola de Dança da Funceb e praças públicas. A programação é quase toda gratuita, ou a preços populares.

Difundindo as múltiplas técnicas de dança para experimentação do corpo e suas possibilidades de expressão, a JORNADA propicia a professores, profissionais da dança, artistas e estudantes, crianças, adolescentes, jovens e adultos o estímulo a uma sensibilidade crítica que instiga ao aprimoramento. A JORNADA DE DANÇA DA BAHIA, ao perseguir o caminho da investigação da educação em dança, firma-se como evento fundamental para o desenvolvimento desta área, desenhando com seus participantes um futuro promissor para a dança no país.

A IX JORNADA DE DANÇA DA BAHIA tem patrocínio da Termonorte, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com realização do Ministério da Cultura (MinC).

Mostra Artística

Ferida Sábia

Cia. Ana Vitória Dança Contemporânea (RJ)

Biblioteca de Dança

Neto Machado e Jorge Alencar (BA)

Sr. Will

Giro8 Cia. de Dança (GO)

A Sagração da Primavera

Jorge Silva Cia. de Dança (BA)

Lub Dub

Balé Teatro Castro Alves (BA)

Bolero de 4

João Rafael Neto e Luiz de Abreu (BA)

INVenteEXperimente (INVEX)

Artistas da capital e interior da Bahia

Nocorpodacidade

Balé Jovem de Salvador (BA)

Isaura Suélen Tupiniquim Cruz

Isaura Tupiniquim e Leonardo França (PB/BA)

Mosaico

Clyde Morgan (EUA)

Pequenices: minipeça viajante de dança

Fernanda Bertoncello Boff (RS)

O Vilarejo de Blacksbird (Prólogo)

Katharsis Cia. de Dança (BA)

Impressões da Rússia

Lori Belilove (EUA) e Contemporânea Ensemble (BA)

A Jornada do Quixote

Escola Contemporânea de Dança (BA)

Infância e Movimento

Refletindo a conduta da Escola Contemporânea de Dança, realizadora da JORNADA DE DANÇA DA BAHIA, o evento sistematiza em uma frente de atuação atividades de iniciação artística para crianças. São atividades desenvolvidas a partir de práticas pedagógicas criativas, que proporcionam descobertas corporais, aprendizado, desafios motores e de musicalização.

As oficinas são gratuitas, sem necessidade de inscrição prévia.

Programação

14/11 Terça

  • Oficina de Dança Moderna com Lori Belilove (EUA)

    15h00 às 16h30 | Escola de Dança da Funceb

15/11 Quarta

  • Oficina de Musicalização com Gabriel Macêdo e Caroline de Jesus (BA)

    15h00 às 16h00 | Palacete das Artes

Acesse os Currículos


Gabriel Macêdo e Caroline de Jesus (BA)


Lori Belilove (EUA)

Fórum de Educadores de Dança

Pelo quinto ano, a JORNADA DE DANÇA DA BAHIA inclui em sua programação o Fórum de Educadores de Dança, uma ação pioneira voltada à reflexão e ao desenvolvimento do ensino da dança, em todo seu potencial transformador, na Bahia e no Brasil.

Reunindo professores e dançarinos de cidades do interior e da capital baiana, o Fórum realiza um intercâmbio sólido de experiências vividas em diferentes contextos, mas sempre conectadas pelo interesse de se abranger repertórios diversos, questionar paradigmas, aprofundar o conhecimento e qualificar a prática. Oficinas, bate-papos e vivências, em paralelo a uma programação artística que reconhece e valoriza a formação artística do dançarino, objetivam instrumentalizar os profissionais de educação em dança para que sejam pontes cada vez mais firmes para travessias humanas e cidadãs.

Os participantes são professores, educadores e profissionais de dança convidados, mapeados em toda a Bahia.
OS BATE-PAPOS SÃO ABERTOS AO PÚBLICO, sem necessidade de inscrição prévia.

Programação

12/11 Domingo

  • Oficina com Denny Neves (BA)

    9h00 às 12h00 | Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos
  • Bate-papo: Relatos de experiências

    Com Beth Rangel (BA), Fátima Suarez (BA), Toni Silva (BA) e Verusya Correia (BA). Mediação: Gisela Tapioca (BA) | 15h00 às 17h00 | Goethe-Institut | Aberto ao público

13/11 Segunda

  • Oficina com Lori Belilove (EUA

    9h00 às 11h00 | Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos
  • Oficina com Angel Vianna (RJ)

    11h00 às 14h00 | Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos
  • Bate-papo: “Dança com melanina: qual a cor da sua dança?”

    Com Clyde Morgan (EUA) e Tânia Bispo (BA). Mediação: Matias Santiago (BA) | 15h00 às 17h00 | Goethe-Institut | Aberto ao público

14/11 Terça

  • Oficina com Clyde Morgan (EUA)

    9h00 às 12h00 | Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos
  • Bate-papo: “Métodos e sistemas artístico-pedagógicos” + lançamento do livro “Uma biografia da dança contemporânea”, de Ana Vitória

    Com Angel Vianna (RJ) e Ana Vitória (RJ). Mediação: Gisela Tapioca (BA) | 15h00 às 17h00 | Goethe-Institut | Aberto ao público

15/11 Quarta

  • Oficina com Ana Vitória (RJ)

    9h00 às 12h00 | Teatro Castro Alves | Para participantes inscritos

Acesse os Currículos


Ana Vitória (RJ)


Angel Vianna (RJ)


Beth Rangel (BA)


Clyde Morgan (EUA)


Denny Neves (BA)


Fátima Suarez (BA)


Gisela Tapioca (BA)


Lori Belilove (EUA)


Matias Santiago (BA)


Tânia Bispo (BA)


Toni Silva (BA)


Verusya Correia (BA)

Residências

Nova frente de atuação da JORNADA DE DANÇA DA BAHIA, as residências promovem imersão em técnicas especializadas para contribuir na qualificação de dançarinos selecionados na Bahia. Ambas as residências resultarão em montagens que serão apresentadas na mostra artística.

Com Clyde Morgan, especialista em danças africanas, os oito dançarinos participantes serão: Haissa Brandão, Igor Vogada, Letícia Pereira, Luana Fulô, Luís Santos, Mariana Reis, Matheus Ambrozi e Wendel Alcântara, membros do Balé Jovem de Salvador, cujo diretor, Matias Santiago, fará a assistência de coreografia para a peça Mosaico.

Já Lori Belilove ira remontar as coreografias “Dubinuska” e “Varshavianka”, de Isadora Duncan, de 1922, quando a artista viveu na Rússia, logo após a revolução. A residência será destinada a membros do grupo Contemporânea Ensemble, com assistência de coreografia de Rachel Neves, para a peça Impressões da Rússia.

Programação

10/11 a 13/11 Sexta a Segunda

  • Residência com Clyde Morgan (EUA)

    9h00 às 12h00 | Teatro Castro Alves
  • Residência com Lori Belilove (EUA)

    14h00 às 17h00 | Teatro Castro Alves e Centro Espanhol

Acesse os Currículos


Clyde Morgan (EUA)


Lori Belilove (EUA)

Quem Somos

Direção Geral: Fátima Suarez
Coordenadora Administrativo-Financeira: Cândida Campos
Produção: Dimenti Produções
Direção de Produção: Ellen Mello
Equipe de Produção: Camila Farias, Fábio Osório Monteiro, Marília Pereira, Natália Valério
Direção Executiva: Cambuí Produções (Aléxis Góis)
Coordenação Técnica: Fábio Osório Monteiro
Técnicos: Dominique Faislon, Moisés Victório, Zeus
Coordenação de Comunicação: Marcatexto (Paula Berbert)
Assessoria de Imprensa: Luis Fernando Lisboa
Analista de Redes Sociais: Inara Rosas
Design: Moisés Garcia
Webdesigner: Diego Fox
Registro Fotográfico: João Milet Meirelles e Leonardo França
Filmagem e Edição: Maria Carol
Assessoria Fórum de Educadores de Dança: Gisela Tapioca e Rita Brandi
Assessoria INVEX: Edith Méric
Curadoria INVEX: Edith Méric, Fátima Suarez, Gisela Tapioca, Rachel Neves
Pessoal de Apoio: Antonio Brito, Dora Vaz, Jucy Souza, Luiz Alberto
Assessoria Artística ECD: Rachel Neves

CONTATO PARA IMPRENSA:
Marcatexto
71 99127-7803
marcatexto@marcatexto.com.br

Locais e Endereços

Centro Espanhol (Av. Oceânica, 1404 – Ondina)

Escola de Dança da Funceb (Rua da Oração, 1 – Pelourinho)

Goethe-Institut Salvador-Bahia (Av. Sete de Setembro, 1809 – Corredor da Vitória)

Palacete das Artes (Rua da Graça, 289 – Graça)

Teatro Castro Alves (Praça Dois de Julho, s/n – Campo Grande)

Teatro Gregório de Mattos (Praça Castro Alves, s/n – Centro)

Praças de Salvador: Largo dos Aflitos (Aflitos) e Praça Dois de Julho (Campo Grande)

>